Mais segurança

Parceria boa para todos

A parceria firmada pelo Sindicato das Empresas de Compra Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi – SP) com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) recentemente que visa integrar as câmeras de segurança dos condomínios com o Detecta, sistema inteligente de videomonitoramento do governo será, se efetivamente colocado em prática, um avanço na prevenção e combate ao crime em condomínios, edifícios e nas áreas urbanas.

Para que o resultado seja alcançado é prioritário que os procedimentos de monitoramento sejam semelhantes aos adotados na segurança privada, que na detecção e ocorrência de um delito, além da gravação das imagens, imediatamente desloca ao local uma equipe de apoio e aciona os órgãos públicos, se necessário.

Com o sistema Detecta o objetivo é que o envio de viaturas da Policia Militar também seja imediato, o que certamente contribuirá para maior possibilidade de efetividade das ações de combate ao crime.

Quando o assunto é segurança é correto afirmar que toda a integração é benéfica e positiva, uma vez que integrando as câmeras dos condomínios ao sistema público, o governo ganha e muito na extensão da área monitorada com baixo custo, aumenta a segurança dos condomínios, as vias públicas ganham maior cobertura. A sociedade tem melhor percepção de segurança e reduz a liberdade de ação dos indivíduos que desejam cometer delitos, uma vez que a possibilidade de sucesso do ato criminoso é minimizada.

Vale lembrar que administradores e síndicos, assim como em outras parcerias, precisam estar atentos a alguns pontos fundamentais, entre eles: Existe contrato? De quem será a responsabilidade de manutenção do sistema? Quais são os deveres, direitos e garantias das partes?

Embora muito interessante a proposta, para os condomínios haverá um custo efetivo para a integração de R$ 2 mil por câmera, portanto, para que o investimento se justifique é preciso que aconteça o comprometimento das partes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima